S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Unitrilhas

No. 29 - 18/12/2003

1. D i c a s
2. ? E c o t u r i s m o
3. U m M u n d o P a r a T o d o s
4. M a n i f e s t a ç õ e s H u m a n a s
5. A t e n d i m e n t o
6. P r ó x i m o s R o t e i r o s
7. E n t r e v i s t a
8. A g e n d a V i v a M a i s

Já ouviu falar de Hoax? São boatos - usados para coleta de lista de e-mails e posterior envio de Spam - que pentelham nossas caixas de mensagens diariamente. Tem o da criança sumida ou com cancêr. Ou o prêmio de um celular inteiramente grátis... Mas nem todos são assim. Abaixo voce pode ler um pedido super procedente (e eu assino embaixo), de uma pequena entidade, mas que está fazendo um trabalho social importante e exemplar. Aproveite e entre no link deles. O bom turista olha pra si e também para os outros.
Abraço Aventureiro,
Adriano Garbelini - Editor

Caminho da Fé www.caminhodafe.com.br. A pé, de Tambau, interior de SP à Aparecida, vale do Paraiba. Atravessando a Mantiqueira.

1. D i c a s
O Homo Erectus, que saiu da Africa oriental não será, com certeza, telespectador de Silvio Santos. Viver para ele, era ousar, ousadia propria. Simone de Beauvoir, em seu maravilhoso livro Todos Os Homens São Mortais, demonstra que a consciência da morte não deve ser uma limitação à vida, mas sua própria razão de ser. Nossos ancestrais não leram Simone de Beauvoir, mas não estavam dispostos a perder a vida pensando nos seus riscos. Antes, saíram para a aventura humana, a própria razão de ser a vida. Vida sabidamente perecível. Por isso mesmo vida com intensidade.
trecho do livro As Primeiras Civilizações, Jaime Pinsky, ed Atual, 1994

2. ? E c o t u r i s m o
Quem não gosta de acordar pela manhã e ouvir pássaros cantar, flores desabrochar, ventos suaves a açoitar as folhas das árvores, chuvas a cair lenta e equilibradamente?
Momentos mágicos, de contato com a natureza, densa e forte, são cada dia mais raros nos grandes centros urbanos, onde o caos das relações estressantes, de disputa por poder e sobrevivência, deram lugar ao prazer de viver, harmoniosa e docemente.
Com a falta de oportunidade de garantir a sobrevivência nas pequenas cidades o homem do campo foi para a cidade grande engrossar as fileiras dos desempregados e contribuir para o aumento da exclusão social e de um exército de pessoas infelizes e sem sonhos para a construção de uma vida digna. Esse quadro poderia ser diferente se os governos brasileiros tivessem tido a responsabilidade de preservar ambientes importantes para a garantia da qualidade de vida.
O que mais se vê são exércitos de famílias desesperadas, turistas estressados, correndo atrás de algum espaço verde, um riacho, um poço d´ água limpa, uma sombra debaixo de uma árvore, para poder matar a saudade dos tempos em que a abundância da natureza por si só já encantava a vida, por mais simples que ela fosse...
Liliana Peixinho

3. U m M u n d o P a r a T o d o s
[apoio Unitrilhas]
Pode ser que alguém de vocês tenha aí parado, ou saiba quem tem, os equipamentos abaixo. Primeiríssima necessidade: monitores de micro. A chuva de 28/11 em S.Vicente invadiu nossa Sala de Internet grátis. Dos 7 micros em condições de funcionamento, só restaram 2.
Mas se alguém tem parados ou sobrando qualquer um dos outros equipamentos abaixo, considere seriamente repassá-los à Trópis.
Equipamentos em condições de funcionar. Não é petulância: não temos recursos para consertar, e raras vezes vale a pena.
ventiladores
vídeo e/ou dvd
televisor a partir de 20" (para sessões de vídeo coletivas)
micros a partir de Pentium I
(temos 1 Pentium II, 4 Pentium I e 2 486)
pentes de memória;
componentes e periféricos de micro em geral qualquer tipo de aparelhos de som, inclusive p vinil projetor de slides
instrumentos musicais, materiais de artes plásticas você tem outra coisa? fale com a gente, pode servir!
Coisas supérfluas para alguns voltando a ser úteis, e socialmente úteis!
Ralf Rickli, coordenador (por todo o pessoal da Trópis)

4. M a n i f e s t a ç õ e s H u m a n a s
. Dizes-me com quem andas e eu te direi se vou contigo.
. De onde menos se espera, daí é que não sai nada.
. Adolescência é a idade em que o garoto se recusa a acreditar que um dia ficará chato como o pai.
. O homem que se vende recebe sempre mais do que vale.
Máximas e Mínimas do Barão de Itararé

5. A t e n d i m e n t o
Tel (11) 6963-0232, de terça a sexta-feira, das 8:00 às 15:00 hs.
E-mails unitrilhas@yahoo.com.br e unitrilhas@ig.com.br

6. P r ó x i m o s R o t e i r o s
11/1 Cantareira engordador, historia, cachoeira 50ºº
17/1 Paraibuna-caragua travessia, cachoeira, praia 110ºº
24/1 Ipanema historia, paisagem, cachoeira 70ºº
25/1 Extrema pico, paisagem, cachoeira 100ºº
31/1 Juréia praia deserta, cachoeira ambiente selvagem 100ºº
1/2 Ipanema historia, paisagem, cachoeira 70ºº
8/2 Caragua ambiente selvagem, cachoeira 90ºº
14/2 Cassandoca praia deserta, travessia, frutas 110ºº
15/2 Monte Verde montanha, paisagem, queijo 100ºº
28/2 Extrema pico, paisagem, cachoeira 100ºº
7/3 Sete Praias praia, travessia, peixe frito 110ºº
12-14/3 Ilhabela cachoeira, praia, cultura 365ºº
21/3 Campos do Jordão montanha, cachoeira 100ºº
27/3 Juréia praia deserta, cachoeira ambiente selvagem 100ºº
28/3 Cantareira águas claras, lago 50ºº

7. E n t r e v i s t a
[pessoas vibrando e agindo por um mundo melhor]
Eduardo de Lima Jesus, zineiro e desenhista de cartoom fala, digo, digita suas questões pro Trilhazine.
a) Olá Eduardo, o que é viver bem na sua opinião?
É questionar os valores capitais e enrustidos, e valorizar o valor escondido. Em todas as questões.
b) E você, quais suas ações para viver melhor?
Desde criança, sempre fui preocupado com o amanhã. Hoje, com meus dezenove anos, tenho, na cabeça, o sol do amanhã; que somos nós. Sempre procuro algo que esteja aberto; pois caso contrário, a luz, ali, não entrará.
c) E para coletividade, tem feito algo?
Publiquei o ZINE MALDITO, chegando até a sexta edição, mas parou por ai, devido á falta de colaboração para tirar as cópias. Na mesma trilha, tinha outro zine, também, que eu ajudava a escrever, e colocava meus desenhos. Hoje desenho cartoom.
d) Como é sua alimentação?
Como de tudo o que dá, até doce de jiló.
e) Que acha dos transgênicos?
Esses remédios, têm a mesma dose de substâncias que os velhos. Portanto, eu acho que se o preço for doce, o remédio tem que ser também, ok?
f) Qual sua arte/artista preferido?
Sou um fã bobo, do Maurício de Souza, além de Angeli, o Stephen king, o Glauco. Ah, e a rede Cultura é ótima, também..
g) Quem ou o que mais lhe influenciou na compreensão da existência?
Os livros, que eu amo demais, e toda letra que haja no meu trilho.
h) As Unidades de Conservação Ambiental tem cumprido sua função?
Acho que quando "eles" cuidarem da nossa natureza, como uma vida e parte do que vivem, como uma família, ai sim, haverá a esperança no amanhã verdinho. E não verde como o dinheiro deles.
i) Qual sua recomendação para quem procura viver mais naturalmente?
Quem procurar, vai achar, dentro ou fora de si, uma resposta para as questões naturais, e mundanas. Aliás, procurar Deus, nas coisas mínimas, é um fator importante, e bastante sutil.
j) À favor da livre expressão, o espaço é todo seu.
Mando um abraço para o Garbelini, e outro muito grande para a turma que ler (ou conseguir ler) esta minha entrevista. Obrigado.
k) Qual a melhor forma de contatar-lhe?
endereço 08130-070 - R Mário Antunes M Ramos 366, Itaim Pta
e-mail edhq@bol.com.br - tel (11) 6567-6432
[Obrigado Eduardo. Outro abraço. Vai firme na sua trilha.]

Muito Prazer São Paulo, guia atualizado de museus e instituições culturais de São Paulo. Autoria da aventureira Simona Misan. Editora Palas Athena www.palasathena.org (11) 3266-6188, 3209-6288.

8. A g e n d a V i v a M a i s
::: III Festival de Música Raiz Sertaneja e VIII Folia de Reis
De 19 a 21/12/03. Local São Luiz do Paraitinga, SP
::: Acampamento Para Jovens Franciscando
Oficina de artesanato, brincadeira, teatro, horta, comida natural.
De 11 a 17/1/2004, Jarinu, SP. Investimento R$ 575. Realização
Edson Hiroshi. Informações (11) 5679-8518 com Sathie
::: Curso Capacitação em Monitoria Ambiental
Para jovens de 16 a 21 anos, de famílias de baixa renda. Gratuito.
De 2/2 a 31/7/04. Realização Assamapab Pq da Água Branca, SP,
(11) 3675-7436 Mariana. Projeto Trupe Ecourb. Participação Unitrilhas.

Assine [trilhadica] grupo de intercâmbio para quem curte viagem, trilha e ambientes naturais trilhadica-subscribe@yahoogrupos.com.br

© essa e-zine é de domínio publico.
Reproduza e encaminhe livremente ! Evite Spams.

e-zine anterior

E-zine anterior

          

Próximo e-zine

próximo e-zine