S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Contatos do Terceiro Grau

Grupo Atlan

Contato: atlan@digizap.com.br

Pergunta: Existe alguma relação dos ETs com tudo o que está acontecendo no Brasil e no mundo?

Resposta: Eu acho que posso falar sobre isso, com uma certa tranqüilidade, imaginando que eu não estou tão distante assim, do que aparentemente deve ser verdade.
Nem os Ets elegantes, nem os espíritos elegantes interferem na vida de ninguém. Os espíritos deselegantes sim, através da obsessão, atrapalham. Mas não é isso que está havendo. Os nossos irmãos extraterrenos estão acompanhando há muito tempo o que se passa na Terra.
Alguns pensam que vão ocorrer cataclismos na Terra e que algumas pessoas vão ser resgatadas. Mais isso não procede, os nossos irmãos extraterrenos estão em órbita da Terra simplesmente estudando e estão literalmente prontos para uma retomada de contatos com os terráqueos.
Mas esse processo não está ocorrendo por nosso mérito, ou porque estejamos preparados ou despreparados. Isso está ocorrendo por insistência amorosa deles. Os primeiros contatos devem ocorrer antes do final dessa década, ou da próxima, ou das três primeiras décadas do século XXI. A partir daí, tudo ficará muito claro, para os que vivem na Terra.
Eles não vão interferir no “modos vivendes” dos terráqueos, isso não é possível, são leis naturais que não podem ser derrogadas. Nós já recebemos todos os conselhos possíveis de Jesus, de Sidarta Gautama, de Zoroastro, de Lao Tsé, de Confúcio, de Sócrates... Ninguém lá de fora virá nos dar ensinamentos, ou esclarecimentos, ou elucidações diferentes dos que já foram ditos através das doutrinas desses homens e, notadamente, através da doutrina dos Espíritos, no século XIX. Não há mais nenhuma novidade a ser dita.
Talvez, um belo dia, a Terra amanheça repleta de discos voadores ao seu redor, numa distância como a da lua – 350 mil km –, será uma coisa que embeleze e encante a todos, para não assustar. Pelo que eu entendo, não é expectativa deles uma nave pousar na Terra. Possivelmente será uma ou duas ou três naves gigantescas que se aproximarão da Terra e o mestre Jesus se fará presente diante da nossa sensibilidade, falando claramente. Mas não tenho muitos detalhes, eu não sei se é através de tv... Eu não entendo como algum tipo de mensagem ficará claro. Mas, segundo eles, pouco será dito porque tudo já foi dito. A grande novidade que Jesus teria para nos dizer seria: “Pessoal, aprendam a se amar uns aos outros”. Mas ele já disse isso.
O nosso problema é que nós não sabemos nos comportar adequadamente diante da vida, porque nos falta amor e ternura no coração. Mas como é que nós vamos adquirir amor e ternura? Nós não sabemos nos expressar.

Pergunta: Como vai ser esse contato se Jesus é luz?

Resposta: Da mesma forma como ele já está tendo contato com algumas pessoas na Terra. Ele se diminui vibratoriamente, ao ponto ser visto pelos olhos terráqueos. Ele é um extraterrestre bonito, mede um metro e oitenta e pouco, cabelo bastante claro, vestido com uma espécie de macacão branco. É assim que ele virá, com sua forma cósmica diminuída, em termos de vibração, para se enquadrar na nossa pequenez.
Entre o dia 15 de maio, até a semana passada (09.07.05), Jesus estava presente aqui na Terra. Alguns terrestres foram contatados por Ele. Em Natal, umas quatro ou cinco pessoas. Dessas quatro ou cinco, três ligaram para mim, dizendo...
Só que ninguém conta isso, porque ninguém vai acreditar, porque ninguém pode provar. Então, essas pessoas nem falam, pois se falassem teriam que provar. Existe um principio hermético que diz: Quando acontecer alguma coisa com você, guarde para você. E qual é o problema? Eu mesmo já fiz esse teste comigo: Um dia, aconteceu um fato comigo e eu passei quatro meses em silêncio. Um belo dia, eu contei uma coisinha para um amigo – e eu contei umas das coisas mais fracas –, contei que eu tinha visto uma luzinha estranha no céu. Esse amigo disse, “uma luzinha”? Eu disse: é.
Eu fiquei chateado com o meu amigo, mas eu não deveria ter contato, porque ele não tem obrigação de saber o que é uma luzinha ou uma luzona, o que é isso, o que é aquilo. Mas eu percebi que fiquei com vontade de começar a aumentar o tamanho da luz, para convencê-lo. Esse é o problema humano. Hermes Trimegistro dizia: “Guarde para você, porque não tem como dividir certas coisas”.
Isso não tem nada a ver com intuição. Intuição é intuição. Não tem nada a ver com mediunidade. Mediunidade é mediunidade. Eu estou falando que é de forma objetiva. Como? Não dá para explicar, cada um tem sua própria vivência. Alguém pode dizer que é loucura. Pode ser. Quem garante que é loucura? Ninguém. Não será um gaiato que está enganando a quatro ou cinco pessoas ao mesmo tempo? Pode ser.
Essa história rola há milênios, a etapa mais recente tem algumas dezenas de anos, vem sendo assim. O que está ocorrendo extrapola o que se chama de mediunidade. Os extraterrestres já estão tendo contato discreto e, às vezes, nada discreto com algumas pessoas espalhadas na Terra. Só que ninguém acredita em ninguém nesse mundo e existe muita picaretagem. Tem muita gente querendo vender filmes e livros com histórias mirabolantes. Quem, de fato, tem esse contato, não vai sair falando.

Pergunta: Qual é a finalidade?

Resposta: É a preparação, porque todos terão esse tipo de contato. Os poucos que eu tive, todos eles foram no sentido de preparação. E o meu grande desespero é o porque eu estava escrevendo os livros e não sabia se estavam corretos. Escrevi livros através da mediunidade de 1990 a 1999, anunciando a chegada de Jesus. Os espíritos e os seres cósmicos pediam e eu fui escrevendo. Porém, eu não sabia se era verdade ou não. Quando eu tive que publicar, eu disse que não publicaria com o meu nome, por não saber se era verdade. Se o que está no livro serve para alguém, não importaria o nome do autor terreno. Por isso eu coloquei um pseudônimo. Mas eles falaram: “Já que você decediu colocar um pseudônimo, coloque esse (Jan Val Ellam), um dia você vai entender o porquê”. Para mim tanto faria colocar A,B,C ou D. Até 1999, eu não tinha a menor idéia – em termo de certeza profunda. No meu caso, fugiu da mediunidade. Eu tive em 1999, 2000 e 2001. No ano de 2002 e 2003, não tive nada, vim tê-los, novamente, em 2004 e 2005. E o que é que eu tive? Fatos que... A ultima conclusão que eu tenho, é eu não acredito em ETs, eu já sei que eles existem. Se eu digo sei, é porque eu não estou falando de mediunidade, nem de intuição. Então, se o que está sendo dito não é verdade, ou seja, se não for haver o contato oficial, a ultima opção que resta é que eles estão mentindo.

Pergunta: Mentido por qual motivo?

Resposta: É a ultima opção lógica que eu tenho. Eu posso provar para alguém?
Eu não estou preocupado com isso, porque o que eles queriam que fosse dito, já está sendo dito através dos livros. Ninguém está dizendo que vai ser daqui a 200 anos, ou daqui a 100 anos. É agora! Vejam só o tamanho da confusão que eu e outras pessoas aqui estamos metidos.
Talvez os contatos sejam para dar forças a essas pessoas, para que elas...
Porque tem horas que você se sente...

Pergunta: Quando você fala de “tempo das nossas vidas”, o que significa?

Resposta: Quando eles dizem, no tempo das vidas de vocês, se referem a essa geração que está encarnada na Terra.

Pergunta: Foram vistos varias luzes saindo do mar em Genipabu, seriam eles?

Resposta. Se foi entre os dias 15 de maio e a semana passada, sim! Entre Touros e Goianinha estavam diversos grupos, literalmente no campo visual das pessoas.

Pergunta: Lá em Goianinha apareceram três grandes ciclos luminosos. Tem alguma relação com isso?

Resposta: O mesmo me foi dito por um amigo de Goianinha. Ricardo: – Eu vi uma notícia que no México, no mês passado, algo foi fotografado e visto por milhares de pessoas. E não foram poucos, eram entre 100 a 200. Foram fotografados. É possível encontrar a matéria na Internet, quem quiser pode procurar lá.
– O assunto é muito sério pessoal, eles estão fazendo dessa forma seguido uma estratégica deles. Eu só posso imaginar que estejam preparando algumas pessoas, alguns grupos. Mas eu não tenho certeza. Só sei que o assunto é sério e que eles estão aí. Eles trabalham associados com os espíritos. Uma vez eu estava conversando com um espírito, fofocando sobre a vida espiritual, quando ele disse: “Olhe eles ali”. – Onde? – “Atrás das nuvens”.
Quando a nuvem passou estava lá. Vocês podem até perguntar: – Quer dizer que é uma loucura total? – É loucura no bom sentido, mas é tudo muito normal.
Nesse caso, primeiro existiu o fator mediunidade, quando o espírito me instruiu para olhar para aquele local. Eu olhei, tinha uma nuvem, aguardei um pouco e depois eu vi. O segundo aspecto não foi mediunidade, foi no campo dos sentidos do corpo.

Pergunta: Como é que eles chegam até aqui? Sabemos que as distancias entre as estrelas são muito grandes.

Resposta: Eu nunca quis perder tempo com esse tipo raciocínio, porque nós, seres humanos, temos uma capacidade fantástica de nos agarrar a questões acessórias e não perceber o essencial. Eu converso muito com uns amigos cientistas e, vez em quando, eles puxam esse tipo de assunto. Eu não entro.
Eu só fico com a questão filosófica, porque, normalmente, o nível que eles usam é worm hole (buraco de verme), que elimina o tempo e espaço. Então, não adianta nem discutir, porque se os cientistas não conseguem compreender, como é que nós, simples mortais, vamos conseguir?
Lembrem-se que a nossa tecnologia só tem dois séculos e meio, começou com a Revolução Industrial. Imaginem o desenvolvimento de uma tecnologia com cinco milhões de anos. Hoje, se falar de rádio, é coisa boba, mas o homem mais genial do inicio de século XIX, seu cérebro não concebia a possibilidade de um rádio, de uma televisão, de um computador. nem mesmo Isaac Newton, que foi o maior gênio da sua época. O que é que hoje nós não conseguimos prever?
O que existirá na Terra daqui a 30 anos? Essa é a questão. Mas voltando aos ETs. Nenhum ET virá para se meter na vida de ninguém, nem trará a cura da aids, nem uma equação para nos dar, nem ficará morando aqui.
Alguém acha que algum ET vai querer alugar uma casa para morar aqui na Terra? Por sermos um bando de loucos somos companhias indesejáveis, para quem nos olha de fora. Nós nos matamos uns aos outros, somos mentirosos, caluniadores, espertos... Nós não prestamos para conviver com seres evoluídos. Não é só Lula, ou Mao Tsé Tung, nós somos farinha de mesmo saco.
O que é que faríamos se tivesse no lugar de Lula, de José Dirceu? É muito fácil jogar pedra. O que é que algum de nós faria se estivesse lá? Esses Ets evoluídos estão nos acompanhando há muito tempo. É a falange que trabalha mais ligada ao Mestre Jesus, que é o mais ligado a nossa história.
Eles nos tratam com a mesma benevolência e paciência que nós temos com as nossas crianças. Eles sabem que nós somos muito frágeis. Então, esses primeiros contatos deverão ser objetivamente claros, para que não haja duvidas. Talvez permitam que os filmemos, não sabemos os detalhes, mas é assim que está previsto, para que ninguém na Terra tenha dúvida.
Quanto ao tempo de duração dos contatos, eu não sei, mas, pelo que entendo das conversas com a espiritualidade, será o menor tempo possível, porque enquanto um deles estiver por aqui nós paramos tudo, vamos ficar sempre na expectativa de algo, e nós precisamos trabalhar e muito, acabar com isolamento da Terra, fazer com que os nossos princípios filosóficos sejam ativados pela nossa responsabilidade existencial e não por questão de crença.
Após os primeiros contatos: Primeiro, nós não vamos precisar acreditar em ET, nós vamos saber que eles existem. Segundo, que nós não estamos sozinhos no universo.

Pergunta: Este contato será físico ou é projeção?

Resposta: É físico. Se você estirar o braço, tocará. A intenção é não deixar dúvidas da existência deles. Pelo que eles falam, alguns deles se projetarão, mas também é sólido, é outro tipo de projeção. É impressionante.
Apesar de não haver mais nenhum motivo para dúvidas, esta previsto que algumas igrejas pentecostalistas e alguns outros grupos vão dizer que é coisa do demônio, que o demônio está por trás desses seres. Vai ter de tudo um pouco. Tem diversão para todo tipo de gosto. Por isso que eles vão sair logo.

Pergunta: Em que momento Jesus aparecerá?

Resposta: Segundo eles, é exatamente aquilo que o próprio Jesus disse:
Aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem. Depois do sinal, todos os olhos o verão vindo sobre as nuvens. Os espíritos e os Ets que estão trabalhando juntamente com eles, falam que é isso que está programado. Se for realmente assim, o que seria o sinal provavelmente é a nova Jerusalém, descrita no Apocalipse. Está escrito no Apocalipse que Jesus teria dito a João: O sinal do Filho do Homem será de cento e quarenta e quatro côvados. Isso equivale a um pouco mais de 2.000 km. Deve ser o tamanho da nave. João diz no
Apocalipse que foi levado à Nova Jerusalém, lá, o anjo pegou uma vara de medir e mediu, com ele, o sentido horizontal da Nova Jerusalém. Imaginem uma nave com 2000 mil Km, de ponta a ponta, será possível vê-la com a mesma facilidade que vemos a lua cheia.
Então vamos imaginar que, um belo dia, numa manhã, ou à tarde, ou à noite, diversas naves dessas apareçam cercando a Terra. A Lua está a 350 mil Km de distancia, qualquer pessoa da Terra vê a lua cheia. Se a nave é grande desse jeito, como João disse no Apocalipse, mesmo que só apareça uma nave dessas, todo mundo na Terra a verá. Mas, vamos imaginar que sejam dezenas, ou centenas, ou milhares de naves, situadas além desses 350 mil km, que eles não queiram nos assustar e cada nave ligue uma espécie de ventilador de íon que tranqüiliza a humanidade.
Eles fazem tudo para que seja tudo direitinho. Se um avião estiver voando, vai continuar voando e pousará com tranqüilidade. Tudo que vem desses seres é suave. Só que eles vão ficar a uma distância que nenhum gaiato da Terra consiga atirar neles. Se algum presidente da Republica gaiato quiser mandar um míssil, não chegará nem perto. É claro que eles têm tecnologia para soltar uma vibração e nada funcionar na Terra, em termo de eletromagnetismo, mas eles não vão fazer isso.
Talvez o sinal seja esse, uma nave, ou varias naves, mas todas posicionadas numa distância em que, da Terra, todos verão o sinal do Filho do Homem.
No segundo momento, depois um minuto, uma hora ou um dia, a Jerusalém Celeste, nave de comando do Mestre, onde João se encontrou com Jesus – conforme descrito no Apocalipse –, virá sozinha, ou com outras e se aproximam um pouco mais. Vocês lembram do filme Contatos Imediatos do Terceiro Grau, daquela nave fantasticamente bela, grande e cheia de luzes, que aparece no final? É fichinha diante da Jerusalém Celeste. Então, em algum momento, haverá a comunicação.
Nesse primeiro contato, talvez haja somente filme, ou outra coisa. Talvez eles interfiram em todo veículo de comunicação da Terra e digam: “Oi pessoal, nós estamos aqui, um grande abraço, vocês não estão sozinhos, seria ótimo que vocês aprendessem conviver com a natureza, com vocês mesmos, estamos aqui desejosos para ter um contato mais aberto com vocês, não vamos nos meter na vida de vocês e PT. saudações, asta la vista baby. De vez em quando voltaremos e faremos novos contatos”... Deve ser assim.
Chegamos ao dia seguinte dessa história: Quem é que vai explicar alguma coisa sobre isso? A quem são as associações, os grupos, as pessoas que estão mais por dentro desse assunto?
Seguramente vão aparecer gurus, alguém fundará religião... Se disso nascer alguma religião é porque ninguém entendeu nada, está tudo errado, porque mingúem precisará mais de guru, de padre, de pastor. Nós não precisamos de intermediários para chegar ao Pai. Nós, pais terrenos, não colocamos intermediários entre nós e nossos filhos, imagina se o Pai celestial faria isso.

Pergunta: A Ufologia de hoje está quase tão dogmática como a religião.

Resposta: Muitos seguimentos da ufologia têm mais dogmas do que a religião.
Nos somos doidos, nós seres humanos não sabemos lidar com as questões espirituais, nem com as questões celestiais que envolvem a vida na Terra.
Mas não são somente eles, somos nós. Sou eu, vocês e os demais terrestres.

Discurso de Jan Val Ellam, na reunião do Grupo Atlan – Natal , 11. 07.2005.
Transcrição – Luiz Carlos.
Revista do Grupo Atlan

Por Atlan: atlan@digizap.com.br

e-zine anterior

E-zine anterior

          

Próximo e-zine

próximo e-zine