Cheiro de lá

Autora: Auxiliadora Campos – Belo Horizonte MG

O perfume atravessa a janela manacá,
jasmim, resedá, a saudade que me dá...
Antigo jardim de avó do gato, do banco,
a boca lambuzada da geléia de mocotó.
Fecho os olhos, fico quieta,
quem sabe não dá para voltar
ao ar ao céu ao jardim de lá?