S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Poder de um sonho

Autor: Salvador Cantanzaro

Pudesse eu sentir
Que os homens não mais lutassem
E sim, unissem as mãos na procura:
Da paz, e das soluções;
Para toda essa podridão...

Pudesse eu segurar uma espada
Contra a crueldade e hipocrisia
Que transformam o mundo em prisão,
Epidemia de mal que destrói nosso coração.

Pudesse eu unir os homens,
De todas as raças e cores,
Fazendo de todos irmãos...
Quisera acolher os velhinhos
Num lindo lugar, longe da solidão...

Pudesse criar um imenso parque
Para todas as crianças pobres,
Que vagam nas ruas, sem lar;
E não vê-las mais com corações
Tristes... A chorar...

Pudesse ver todos unidos;
Nações, raças, ideais...
Para termos um mundo
Em que pudéssemos nos amar...

Sê fecho os olhos e sonho
Sou capaz de tudo isso ver,
De viajar a esse mundo
Onde só a prazer em viver...

poesia anterior

Poesia anterior

          

Próxima poesia

próxima poesia