S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Inspiração

Autor: Valdir Barreiros

Contato: valdir.barreiros@ig.com.br

Eis, inspiração
Se escrevo linhas e mais linhas
e não as entendo então?
Ah, humildes palavras
não significam nada
Apenas o vazio
a latejar em minha cabeça
em espasmos de solidão
Essas lágrimas caem pelo chão
mas seca a brisa ao soprar
Penso então, nada, tudo em vão
E começa a latejar, latejar...

poesia anterior

Poesia anterior

          

Próxima poesia

próxima poesia