S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Sem nome

Autor: Beto Super7

Contato: betosuper7@hotmail.com

Eu tenho andado preocupado e até as paredes do meu quarto
Pareciam ser bem mais, que barreiras para um beijo seu
Diante da situação o fato é q a insegurança é o meu ponto principal
Tento achar maneiras, para você e eu
Dispenso as frases feitas, e tudo que não for original
E de frente para você, é pane no sistema emocional

Eu tenho andado tão preocupado, a auto estima era retardatário
Dos outros sentimentos bons e eu não sabia o q fazer
O meu caminho está bloqueado, não vejo brechas e nenhum atalho
Preciso encontrar o tom, da melodia que me da prazer

Cansei de ocupar o espaço que o espaço me oferece
Eu queria virar fumaça e te envolver, ai c eu pudesse
Invadir a sua mente de vagar

Eu preciso dizer que eu to legal,
mas no meu rosto da para ver um semblante artificial
Eu preciso dizer que eu to legal, mas nos meus olhos da para ver
Um sorriso artificial

Eu tenho andado tão desanimado
Só pelos cantos namorando os vasos
Que minha mãe cuidava, mas deles do que de mim
Não há respostas que cale um coitado
Mas me diga vida, o q você quer de mim?

Contato: betosuper7@hotmail.com

poesia anterior

Poesia anterior

          

Próxima poesia

próxima poesia