S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Tudo passa...

Autor: Tânia Maria Dias

Contato: tamaditg@unetvale.com.br

Tudo passa...

Historias...
Contos...
Princípios...

Pessoas...
Culturas...
Lembranças...

Caminhos...
O querer ser quando crescer...
Benção com beijo na mão...

Corações...
Poesias...
Primeiro amor...

Palheiro...
Cirandas...
Fogão de lenha...

Pipas...
Banho de rio...
Brincadeiras de sombra no chão ...

Cochilo na rede...
Os causos...
Janelas abertas o dia todo...

Poeira na estrada...
Prosa...
Riso largo...

Moda de viola...
Rádio...
Lanche na hora recreio...

Carona em carroça...
Subir nas goiabeiras...
Esconde esconde no mato...
O mato...

Tudo passa... menos a saudade.

Do cheiro de chuva na terra ...
Os pingos levantando poeira...

Do café na mesa...
A mesa farta de irmãos...

Saudade da espera pro pai começar a comer...
A gente olhando...

De ir a missa na garupa da bicicleta...
Bom era o ir e o voltar...

Saudade do cheiro de lápis novo...
De canaviais queimados...

De bolinho na chapa,
O medinho da culpa na espera do pai chegar...
A torcida pra mãe não contar a traquinagem...

Saudades .... muitas saudades do que nunca mais vai voltar e do que
ninguém mais viverá.

poesia anterior

Poesia anterior

          

Próxima poesia

próxima poesia