S

A
A L A D E L E I T U R
HOME PAGE
ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS
JOGOS LITERÁRIOS
SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

SALA DE LEITURA
ARTIGOS AUTO AJUDA CINEMA CONTOS CRÔNICAS ESOTÉRICO EXPRESSÕES
E-ZINE INFANTIL MEDITAÇÃO NOVELA POESIA PROVÉRBIOS TEATRO

Vem comigo

Autor: Maria de Fátima Abreu de Oliveira

Contato: fatima_luthorclark@yahoo.com.br

Nada mais será igual
Te conheci
Será que por tentar
Amar sempre
Que não tiro você de minha mente?
Quero te olhar um segundo
E a paz volta ao meu coração
Mas desespera com desejos
Contidos e guardados
Com a certeza
Que amar é assim
Vem, diz com tua boca
Que quer a minha...
Afague meus cabelos
Sinta meu perfume
Ouça o som, que vem de meus gemidos
Passe a mão pelo meu corpo
Veja uma lágrima brotar de meus olhos
Siga seus cinco sentidos...
Nada mais será igual
Segura em minha cintura
E pensa só em me amar
Porque sou tua amante
Siga nessa aventura
O sol será a testemunha
Ao acordarmos pela manhã
Dá a minha vida, luz
Temos sido felizes juntos
Não podemos deixar isso se perder...
Agora vem, ria, brinque comigo
Sempre me amando
Siga cantando, doces melodias
Quero te confessar esse amor
Que a alma dilacera
Que o coração dispara
Quero te fazer feliz
Porque é tanto amor
Supera tudo
É infinto...
Amar em plenitude
Agora vem, deita comigo
Segue os caminhos do teu desejo...
Só me garanta que vai voltar
Porque te aguardo com ansiedade
E pressa de te amar...

poesia anterior

Poesia anterior

          

Próxima poesia

próxima poesia