Assunto: Escrever bem

Escrever bem não exige talento literário especial. Quem se expressa oralmente com clareza já tem quase tudo para decolar na linguagem escrita. Pode-se dizer que escrever bem é "falar no papel" de maneira coerente e organizada. Um ótimo exercício é ler, sobretudo se a leitura for um bom exemplo de redação semelhante àquela que se quer produzir. Não importa qual o setor: a comunicação escrita é indispensável, e não precisa procurar muito. O cotidiano é repleto de relatórios, mensagens eletrônicas, manuais, revistas, códigos de conduta, cartas, atas e memorandos, só para ficar em poucos exemplos. Você lê, você registra, você arquiva. Para escrever, é claro, não precisa treinar tanto, assim como acontece para falar. A linguagem é de todos e, sem dúvida, age como o mais poderoso vínculo de integração social. O que nunca fica bem claro é que a linguagem e, sobretudo, a comunicação escrita, conta com especialistas. Não é como a educação nos faz acreditar: uma coisa natural. Natural é a fala, não a escrita. É por isso que a escrita conta com tantos aparatos: dicionários, gramáticas, revisores, editores, interpretes, etc.


assunto anterior

Assunto anterior

          

Próximo assunto

próxima pergunta