P

L
R O F E S S O R   V I R T U A

HOME PAGE

ESCRITORES
PROFESSOR VIRTUAL
TESTES EDUCATIVOS

JOGOS LITERÁRIOS

SOB ENCOMENDA
SALA DE LEITURA
BUSCA LITERÁRIA
SEBO DA CULTURA

Pergunta: Como criar um slade sobre função referencial e emotiva?

A criação do "eslaide" em si, é simples. Basta comprar o formulário específico(transparente) na papelaria e coloca-lo na sua impressora, em substituição ao tradicional formulário A4, e mandar imprimir o texto gravado em word ou qualquer outro editor em que o conteúdo estiver gravado. O mais complicado é sempre o conteúdo, então, a seguir vai um bom exemplo de conteúdo para os seus "eslaides".

Função Referencial: podemos dizer que é a comunicação pura e simples, ou seja, aponta para o sentido real das coisas e dos seres. A maior preocupação, neste caso, é a mensagem; e o emissor apenas se limita a informar. É centralizada no referente, pois o emissor oferece informações da realidade. Não faz comentários, nem avaliação, pois transmite impessoalidade. Objetiva, direta, denotativa, ou seja, não há possibilidades de outra interpretação além da que está exposta, prevalecendo a terceira pessoa do singular. Linguagem usada na ciência, na arte realista, no jornal, no "campo" do referente e das notícias de jornal, livros científicos, didáticos ou em correspondências comerciais.
Exemplos: 
O Espírito Santo é um estado devedor. 
Bancos terão novas regras para acesso de deficientes.
O sol é uma estrela de quinta grandeza. 

Função Emotiva: está ligada, concentrada no emissor da mensagem. O próprio nome expressa sentimentos, emoções e julgamentos, tendo a impressão de um sentimento verdadeiro e simulado. É centralizada no emissor, revelando sua opinião, sua emoção. Nela prevalece a primeira pessoa do singular, interjeições e exclamações. A pontuação, como o ponto de exclamação, interrogação e reticências; são características da função emotiva, pois transmitem a subjetividade da mensagem e reforçam a entonação emotiva. É a linguagem das biografias, memórias, poesias líricas, cartas de amor, e narrativas de teor dramático ou romântico. Primeira pessoa do singular, Emoções, Interjeições; Exclamações; Blog; Autobiografia; Cartas de amor.
Exemplos: 
Que tarde maravilhosa! 
Meus Deus, que céu lindo... 
O homem atrás do bigode é sério, simples e forte.

pergunta anterior

Pergunta anterior

          

Próxima pergunta

próxima pergunta