Pergunta:
Como faço para fazer a oralização de um texto literário e como é feito em um recital, despertar o gosto por textos literários?

Resposta:

Oralização do texto literário: Um bom trabalho de leitura não pode ficar focado apenas no que está escrito. É preciso trabalhar com as inferências e principalmente a relação de um texto com outros textos processando as informações. Importante destacar ainda que com essa proposta, se inicia um longo caminhar em busca da filosofia, quando os alunos poderão ler, de modo filosófico, textos de diferentes estruturas e registros. Tornando possível o surgimento de uma leitura crítica derivada da capacidade de ler aquilo que não está escrito, mas que pode ser inferido, deduzido pelos alunos. É um começo, uma escolha, onde os alunos tornam-se leitores, autores, escritores, ouvintes e, principalmente, protagonistas da sua própria história. Ao condutor do projeto cabe: Fazer do ato da leitura compartilhada na sala de aula e fora da sala de aula como uma prática contínua e necessária para interação entre o visual e o literal, a imagem e a escrita.
Facilitar debates sistemáticos ouvindo sempre a opinião do outro para recompor pontos de vista e argumentos. Posicionar o ler e entender; seu entorno sócio histórico e cultural; com um olhar filosófico, ou seja, investigativo e questionador. (1).
Fonte (1): Palavras e canções


Recital ou Sarau: Tanto faz o termo; Recital é mais indicado para atividades musicais (2), Sarau é um multievento cultural (3). Sarau é um evento cultural onde as pessoas se encontram para se expressarem ou se manifestarem artisticamente. Pode envolver dança, poesia, círculos de leitura, seção de filme, música, bate-papo filosófico, pintura, teatro etc. Os saraus vêm sendo resgatados e reinventados pelas escolas como uma maneira de fortalecer a identidade da comunidade escolar, promovendo a integração de todos de forma descontraída, criativa e envolvente. É um momento para a soma de conhecimentos, descobertas e vivências coletivas.
Ao promover esses encontros, a unidade escolar ultrapassa seus muros e se fortalece como um pólo cultural da localidade. As famílias passam a se reconhecer na escola, o que acaba por ter um impacto muito positivo no envolvimento delas com os estudos dos filhos. Além disso, o sarau é também um momento de tomada de consciência, pois a cultura desperta a sensibilidade das pessoas para a realidade à sua volta e as estimula a refletir sobre ela a partir de outras linguagens.
Fonte (2): Memorial descritivo do recital "Origens"
Fonte (3): Sarau na escola

Gosto pelos textos literários: Não tente focar em textos antigos, de vocabulário difícil, ou que retratem uma realidade muito diferente da dos alunos. Será certamente um fracasso. Busque textos que estejam próximos dos alunos, nem que seja um texto dos Racionais Mc's. Não se preocupe com os autores obrigatórios pelo sistema, busque autores alternativos e modernos. Foque no conteúdo do texto e não na história do autor. Muitos autores são famosos e ilustres, mas seus textos nadam dizem a comunidade onde haverá a leitura. Mais ainda, dê a oportunidade aos alunos apresentarem textos de seu agrado, ou escritos por eles mesmos. Com base nestes textos trazidos pelos próprios alunos, busque mais textos dos autores apresentados, ou encontre textos semelhantes feitos por autores mais conhecidos ou amarrados à grade curricular do sistema. Incentive a discussão do que foi entendido, jovem adora uma boa discussão.
Autor: Arnold Gonçalves

Pergunta anterior

Pergunta anterior

          

Próxima pergunta

Próxima pergunta