TEMA

Sobre eleições no Chile e Libéria; mudanças na Argentina; água versus petróleo.

A eleição de Piñera no Chile é marcante pelo fato de ser um político de "direita", característica que vai contra a tendência recente da América latina. Curiosamente, o Chile é um dos países mais prósperos da região, mesmo assim trocou a "esquerda" pela "direita".
Eleições na Libéria?!? O continente africano carece muito de progresso. Democracia é uma expressão que soa bem distante. As coisas na Libéria ainda continuam na base dos diamantes e das armas pesadas. Não há democracia, para se falar em eleição.
Quanto às mudanças ocorridas na Argentina, tomemos as eleições legislativas como exemplo. Percebe-se que o povo argentino demonstra um certo conservadorismo, mantendo cerca de metade dos deputados e dois terços dos senadores. A Argentina talvez seja o país mais conservador da América latina. Lá, a mudança ocorre, mas é lenta.
A água e o petróleo travam duro combate nas últimas décadas, que o diga o golfo do México. O petróleo é a substância energética mais importante para manter em funcionamento as máquinas inventadas pelo homem. A água é a fonte da vida, a substância que mantém o homem vivo. Dizem que o aquecimento global vai acabar com a água. Curiosamente, o aquecimento global, dizem, tem como uma de suas principais causas, o uso do petróleo. O homem terá que escolher qual substância é a mais importante.

Autor: Arnold Gonçalves


Redação anterior

Redação anterior

          

Próxima redação

Próxima redação