TEMA

Como solucionar o problema de bullying na escola e na internet?

Bullying! O que é isso? Até para escrever direito tem que pesquisar. Que tal "bulingue" ou "bulim"? Pode ser "esculacho" mesmo, para ficar mais fácil de entender, de compreender que as "brincadeiras" de criança não passam disso, e que de brincadeira muitas vezes não tem nada. É pura agressão; física e psicológica, constante e "eterna", para com o eleito, o escolhido. E como se escolhe este predestinado, este Judas moderno? Basta ser preto, ser japa, ser raquítico, ter quatro olhos, dentuça, gorducha, magrela, girafa, careca, dumbo, maneta, perneta, cegueta, pateta, e tudo quanto é moda que a sociedade entender que não presta. Ah! O padrão... Tudo metodicamente alinhado com os padrões de mercado.
E o ser humano individual vai sofrendo as conseqüências de se submeter ao ser humano coletivo. Quem humilha está seguindo um padrão que conheceu em casa ou na própria escola; apanhei, tenho que bater; me esculacharam, tenho que esculachar. Quer bullying mais clássico que o "show de calouros" que ocorre a cada ano em quase todas as universidades? Me ferraram! Vou sacanear também! Quando eu era jovem, pensava que isso iria acabar com o tempo, que o ser humano iria evoluir, mas que nada, o trote continua firme e forte. Como é que se quer conter o bullying quando se cultua o bullying?
Na Internet não poderia ser diferente, o "esculacho" perpetuou a sua força, e as redes sociais, salas de bate papo, fóruns, e demais formas de contato inter pessoal; tornaram-se os melhores lugares para no mundo virtual o bullying continuar atuante como no mundo real. Afinal, é próprio do ser humano, tudo é motivo e lugar para "sacanear" algum coitado. Os humoristas estão aí como testemunha do quanto isto faz sucesso. A Internet é ainda mais perigosa do que o mundo real, porque o agressor é dificilmente identificado, e até por isso, abre espaço para os agressores mais covardes, e para porem em pratica suas idéias mais doentias. Exemplos como o de fotos modificadas, correm pelo mundo, e é praticamente impossível que sejam excluídas da rede, pois correm de email em email, de blog em blog, de mão em mão indefinidamente. Excluem-se dez fotos, publicam-se cem da mesma. Não adianta criar leis e medidas ostensivas para combater e deter o "esculacho", o que tem que ser feito é conter, e exterminar o culto ao bullying.

Autor: Arnold Gonçalves


Redação anterior

Redação anterior

          

Próxima redação

Próxima redação