TEMA

Guerra na Síria

Dentro do contexto do oriente médio, a Síria é um dos países mais complexos quanto a etnias, línguas e religiões. Isto favoreceu em muito o início dos conflitos internos, mas há interesses externos envolvidos, e provavelmente estes é que tenham incentivado de maneira mais ativa o processo de desenvolvimento dos conflitos até a situação atual.


O seu posicionamento geopolítico é de extrema importância para determinados interesses econômicos e militares das grandes potências internacionais, assim como de seus vizinhos territoriais. Fazendo divisa com Israel, Turquia, Iraque, Libano e Jordânia; torna-se naturalmente importante caminho para o fluxo de armamentos e forças militares para os mais diversos grupos e facções oficiais ou clandestinas. Tendo saída para o mar que leva à Europa, tem grande vocação para o tráfego de petróleo e gás. Como último reduto de influência russa na região, a manutenção de seu governo é violentamente defendida, ainda mais porque a Rússia é o maior fornecedor de gás para a Europa ocidental.


Há muita discussão quanto a ética durante um conflito armado, e a participação das grande potências em relação a Síria parece caminhar de acordo com seus próprios interesses, o que significa muitas vezes o pior dos mundos para os civis sírios. São manuseados de acordo com os interesses e suas vidas pouco parecem valer para os comandantes das mais diversas nações e grupos guerrilheiros. Por onde quer que passem, os refugiados são mais tratados como reféns do que como seres humanos. De certo, este conflito apenas escancara de forma incomoda a verdade sobre a “evolução” da sociedade humana.

Autor: Arnold Gonçalves


Redação anterior

Redação anterior

          

Próxima redação

Próxima redação