TEMA

O uso de biotecnologia para minimizar o impacto ambiental.

Vamos começar elencando alguns fatores envolvidos nesta questão, como a população, cujo crescimento incessante e desenfreado em boa parte dos países vem causando um desequilibrio preocupante entre área e povoamento. O avanço na duração média de vida humana, aliando-se a condensação desta população em áreas urbanas, vem criando um ecossistema particular e exclusivo, jamais experimentado na existência humana. O aumento populacional exige a produção de mais alimentos e bens de consumo.

Recursos naturais são aqueles usados para a produção desses alimentos e produtos beneficiados que o ser humano moderno tanto precisa. Ocorre que o planeta não é tão grande para uma população que não para de crescer, e enriquecer, e reclamar novos e sofisticados produtos. Quanto mais sofisticado o produto, maior a quantidade de recursos naturais irá requerer da natureza, e maior será a quantidade de rejeitos resultantes desse processo de transformação.

Poluição é o resultado de todo este processamento, e os rejeitos são os frutos do que há de pior, por não haver, atualmente, nada a ser feito com ele além de deixá-lo isolado pelo quase infinito, como grandes cemitérios que não podem sequer serem visitados. Recentemente, a sociedade descobriu que fingir a inexistência destes lixos causa um dano ainda maior, pelo fato deles invadirem o meio ambiente de forma danosa via água, ar e solo. Aos poucos vão contaminando tudo ao seu redor, tornando inviável a maior parte das formas de vida, particularmente, a do próprio homem.

A biotecnologia surge como uma possível solução para este quadro de preocupação quanto ao futuro. É uma ciência baseada no estudo das células, com a integração das ciências naturais e da engenharia, estudando e transformando estes organismos vivos de forma a beneficiar a sociedade humana. O manuseio destes tem como grande objetivo, criar um mundo de geração de alimentos e produtos com características sustentáveis, evitando a geração e acumulo de grandes quantidades de resíduos considerados como rejeitos, que não podem mais serem manuseados.

A biotecnologia ambiental vai um pouco além e preza pelos aspectos que não levam o processo a geração de qualquer contaminação. A preocupação com conduções passiveis de biodegradação é fator fundamental para todo e qualquer processo. Compostos tóxicos são utilizados da forma mais reduzida possível, buscando-se alternativas para a eliminação completa destes elementos nos processos de beneficiamento de bens e alimentos. Muito estudo também tem sido realizado quanto a questão do seu uso para facilitar a dispersão dos resíduos produzidos pelos processos industriais.

Autor: Arnold Gonçalves


Redação anterior

Redação anterior

          

Próxima redação

Próxima redação